sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Fácil perceber

Primeiramente, queria iniciar esse post agradecendo todos que comentaram (e que ainda vêm aqui nesse blog esquecido) no último post.
Estou ainda postando quinzenalmente, mas gostei de receber pouco mais de uma dezena de comments, bem alegres, no post anterior a este.
E, portanto, estou até revendo pelo menos mudar a aparência do blog, e sofisticar um pouco mais pelo menos a barra de links e algumas outras coisas.

Mas vamos ao que interessa, o assunto.

Sem querer, eu estava lendo uma revista nada a ver (pois cortaram minha TV a Cabo, e to com NET só no laptop do meu pai... com preguiça de arrumar meu PC). Era uma daquelas revistas que circulam entre condomínios (aqui em SP tem muito disso), cheia de pequenos artigos inúteis e anúncios mais inúteis ainda.
Entre os artigos havia acessórios para cachorros, como cuidar de crianças, como limpar uma piscina, dicas gastronômicas e de moda, e esses afins que toda revista inútil tem.

Porém, folheando a revista, me dei de cara com um artigo e não sei por que o li.
Mas era interessante, uma pequena crônica de um dos escritores da tal revista de condomínios, que dizia sobre os dias atuais, e sobre como é fácil perceber que certos comportamentos mudaram. Lendo esse artigo (que era bom!), tive a inspiração para criar esse post e repassar o breve conhecimento que o autor tinha escrito.

Basicamente, é fácil perceber o quanto sociedade (e a própria humanidade) mudou, em questão de comportamento e de conduta.
O autor dizia (e eu sempre também levantava essa bandeira) que hoje em dia quando alguém é educado, polido, cavalheiro, as pessoas tendem a reconhecer, agradecer ou até admirar, como se fosse algo "fora do comum".
E isso amplifica a falha da sociedade atual, em que é comum ser grosso, ignorante, cuidar apenas de si e não ter educação nenhuma com o que não lhe importa.

Eu aproveito a linha do autor para ampliar isso para a honestidade, a humildade e a consideração. Não vivi nem duas décadas, mas meus pais e meus avós (e os seus também) sempre dizem: antigamente era diferente. E com razão.

Dá pra perceber que, ok, a sociedade era mais conservadora e até "chata" no ponto de vista mais rebelde e mais agitador. Mas as pessoas não agradeciam as outras por ser humilde, trabalhador. Não esqueciam dos amigos, mesmo sem ter os celulares, MSNs e Orkuts da vida. Não achavam um MILAGRE alguém achar 100 reais no chão e devolver. Não agradeciam uma cortesia ou um abraço, um aperto de mão. Não achavam incomum receber "bom dia", "como vai" de estranhos. Não achavam ruim discutir em família, comer junto e se reunir para conversar.

E eu não sou adepto de que deveríamos voltar décadas atrás, mas esses valores não se ensina (na minha concepção), se aprende desde cedo e se preserva.

Se a sociedade hoje é bruta, ignorante, e egoísta, têm que se ensinar desde o berço e conscientizar as pessoas.

Eu me acho um tanto quanto "antigo", mas sei que ninguém escapa da realidade atual. Todo mundo quer dar uma de "malandro", todo mundo quer levar vantagem, todo mundo quer parecer descolado. Eu incluso...
Pessoas altruístas, educadas, só tomam na cara. E se alguém faz um feito bom, sai no jornal e só falta erguer uma estátua para a pessoa, de tão incomum é de achar pessoas boas nesse mundo.

Então espero que tenham entendido meu ponto, e que reflitam mais no dia-a-dia como eu sempre tento.
Bons constumes e boa conduta não se adquire do dia pra noite, mas é bom tentar.

É uma coisa ingrata? É, eu sinto na pele.
Mas eu gosto de tentar, mesmo que me olhem como "Oh, como ele é diferente".
Eu prefiro ser do contra e fazer o certo do que estar de acordo com a sociedade me sentindo mal.

Afinal, é fácil perceber.
Mas é difícil ir contra a corrente.



"Engraçado é que se 90% da população fosse gay ou bissexual, os outros 10% heterossexuais iriam ser taxados de ignorantes, de cabeça-fechada, conservador. Seriam excluídos da sociedade, marginalizados como os gays eram em tempos recentes. O que é certo então? O "certo" dogmático, o "certo" científico, o "certo" da maioria, ou o seu "certo" egoísta? Faça o seu certo, e fique bem com ele."
by me


"Será que eu já posso enlouquecer, ou devo apenas sorrir? Não sei mas o que eu tenho que fazer pra você admitir...Que você me adora, que me acha foda... Não espere eu ir embora pra perceber que você me adora, que me acha foda... Não espere eu ir embora pra perceber..."
by Pitty (Me Adora)

10 comentários:

Mayara Maciel disse...

Pior que é mesmo! eu concordo plenamente!
Tbm sou "antiga" huahushsusa, mas prefiro ser assim!! (:

:*

Maiara disse...

Adorei o texto e concordo com você!
As coisas mudaram mas algumas coisas importantes como as paessoas serem gentis umas com as outras deveria continuar, por exemplo. Vamos ser diferentes então, como você citou.
Beijos

Ka :) disse...

Nossa Japa, concordo muito com vc!Principalmente quando diz que não tem comportamentos para a época atual, porque eu também me sinto assim...sei que cada um tem suas razões né!
Mas a vida é assim, podemos ser minoria, mas é essa minoria que precisa prevalecer e passar o valores para frente não acha!?

Muito bom seus posts!!!
Bjoosss

Bruna disse...

Japa
como sempre, mto bom!!

Sabe, eu tbm faço parte da minoria...ahauhuahua
Sei la, existem valoress mto mais importantes do q ser 'atual', ser pop.

;]

Adooooro seus posts!

beeeijo
s2

Anônimo disse...

e ae cara..
concordo contigo tbm, mt coisa mudou
pessoas educadas são raras hj, no meu predio mesmo se n dou um "bom dia, boa tarde ou boa noite" ninguem o faz, em pensar que é uma coisa tão simples.
parabéns pelo blog virei mais vezes por aki xD

C. Herdeiro disse...

Um modo muito louco de descobrir algo em comum com alguém que frequenta o mesmo ambiente que vc e por causa da velocidade da luz do mundo atual, falta o diálogo tradicional.
Voltarei mais vezes para ler.

Rebequinha09 disse...

è verdade, amigo.. concordo
eu tbm me sinto assim, parte da minoria XD

M-chan disse...

Uia!
Adoreeei esse post! =D

Sabe que não tinha me tocado de certas coisas que vc escreveu, pq cresce em ambiente assim e até pensava que certas atitudes (de egoísmo) eram "normais"...

Acabei lembrando, indignada, de tanta gente na comunidade "Bonzinho só se f***" >.<
E qdo é educado, generoso, às vezes é até mal interpretado...¬¬
Alguns amigos dizem: "to cansado de ser bonzinho" e pasaram a mudar algumas atitudes infelizmente...mas no fundo sei que ainda são (ainda bem)

Às vezes os outros demonstram gentileza somente qdo nós demonstramos....se ficar esperando deles...vai saber...
Como vc disse, o que vale é fazer o que se sentir bem mesmo ^^

E a frase by me ficou legal tb! =D

Viviααn Ϟ disse...

Muito bacana seu post, você é extremamente talentoso, escreve bem :D

E eu concordo muuito com o que você diz nessa postagem ;D

Beeijão .

Viviααn Ϟ disse...

Muito bacana seu post, você é extremamente talentoso, escreve bem :D

E eu concordo muuito com o que você diz nessa postagem ;D

Beeijão .