quinta-feira, 1 de maio de 2008

De vez em quando

"De vez em quando tudo é tristeza
e parece que até sorrisos são em vão

De vez em quando tudo é alegria
e até as coisas mais erradas têm perdão

De vez em quando estamos perdidos
e parece não haver saída da escuridão

De vez em quando estamos no caminho
e tudo passa, desapercebido, pela nossa mão

De vez em quando a resposta está em frente
e a deixamos passar, não dando devida atenção

De vez em quando as coisas não têm resposta
e procuramos mesmo assim, com toda a dedicação

De vez em quando tudo parece errado
e mesmo nossos maiores esforços se desperdiçarão

De vez em quando tudo parece certo
e não movemos um dedo para manter essa situação

De vez em quando há controvérsias
e falta espaço pra compreensão

De vez em quando existe justiça
e justiça é só pontos de vista em questão

De vez em quando significa "às vezes"
mas de vez em quando, também não... "

by me

20 comentários:

celestinha disse...

Poxa, Torigoe, não sabia de seu lado poeta!
Acho que você deveria cursar é letras! rs

Bom fim de semana, Toriguete!

Beijo

Thyeska ;) disse...

Celestinha.. pooiis é..
ele escreve mt bem!

Meu poeta !:D



;****************

(L)

Gih disse...

Tii, Uauu Você escreve mtu bem sabia?!
Adoreei tudo* aqui, ou pelo menos, os três primeiros posts que li!
BeejO grande pra vc.
adoro³!

Mary West disse...

Q lindo meu querido. Muito lindo mesmo tais sentimentos escritos. =*

vi everlong disse...

além de futuro escritor
futuro poeta !
quando fizer um livro me avisa q eu serei a 1ª a comprar x)

bjs *
querido Tiago /

♥ Roberta... disse...

Muito bonito, cadê vez que leio um texto seu, vejo que “acertei o pulo quando te encontrei”! Amigo blogueiro fiel e prendado! Beijos Ti!

★.Krol. disse...

adorei :)

Carolina disse...

Ahhhh eu adoro suas poesias

mto bom poeta!
adorooo suas verdades
hehehe

ah sei lah neh
um dia a gnt c entendi


t adoooooro

Fláh disse...

acho que este post resume tudo, tudo mesmo principalmente os extremos de alegria e tristeza:

"De vez em quando tudo é tristeza
e parece que até sorrisos são em vão

De vez em quando tudo é alegria
e até as coisas mais erradas têm perdão"

Fláh disse...

te linkei :)

Barb. disse...

nota DEZ!! muito bommm! adorei mesmo.


beijo

Márcio disse...

Você é o meu amigo mais emo :D

pαperdoll disse...

a-do-rei *-*
eu fazia poemas; mais derenpente perdi inspiração ;-;
vc poderia fazer um livro, eu keria seu livro *-*
sayô~

Míope disse...

Como disse antes, 10 pros surtos poéticos.

De vez em quando é bom surtar assim!

Abraço!

[Desculpa a demora!]

Blau disse...

de vez em quando vc precisa me visitar,quem sabe.
(:
Ficou lindoooooooooö
incerteza(de vez em quando..) e certeza juntas!
ficou otimo,

beijosbeijos

Krika disse...

Caramba, me supreendes com a qualidade dos seus textos hein amigo! Realmente muito bom!!!

Só ressalto que as coisas comigo acontecem de vez em sempre... hahaha!

Beijão!*

Junkie careta disse...

Soltando a veia poética garoto?
É isso aí, deixa as letras sairem.
Quando tiver um tempo, apareça lá no meu espaço, tô falando daqueles seres superiores que às vezes não compreendemos.
Grande abraço

A n i n h a a disse...

ahh
eu apareci ^^

fazia tempo né?
man
adoreii o post
tá fofo, e filosófico, assim como vc ^^

beiijos

NAELA disse...

Quantas vezes nesta vida nossa alma foi ferida e cantamos a solucar, quantas vezes nos nos rimos escondendo como sentimos com vontade de chorar!
Beijo doce

Garota viajante disse...

Ficou PERFEITOOO!!

Sem palavras...


Beijinhooos ;*