sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Ah, o amor...

Enfim, meus amigos do Talk Show...
A "folga" acabou. Depois de dois postzinhos leves, vamos ao assunto mais temido de todos: (tambores rufando...) vocês sabem muito bem qual é, o amor.
E o post é longo, então espero que vocês tenham paciência, e atenção nas interpretações e na captação das idéias.

Enfim, primeiramente tenho que esclarescer: o amor é indefinível.
É como um sentimento "superior" que não se pode descrever, apenas sentir, e ter sua própria noção do que é.

Portanto, há várias defições do que é o amor, tais como:

*é paixão, algo que se sente e "muda" você, te faz fazer coisas inimagináveis
*é carinho, um afeto acima do normal
*é amizade, acima de tudo
*é confiança, mesmo nas piores horas
*é superação, fazer o que é preciso pelo que ama
*é felicidade, ficar feliz "só" por amar

Enfim, de tantas milhares de definições, acho que essas bastam para se ter uma noção do que essa coisa estranha é.
Mas, infelizmente, e digo infelizmente para mim, para a humanidade, e para todos nós, o amor não é mais tudo isso que já foi um dia.

A imagem de "amor" está totalmente subvertida, desfigurada e alterada. Fazer "amor" pode ser fazer sexo, amante é uma palavra "ruim", antigamente era simplesmente alguem que amava. Dizer que se "ama" um amigo ou amiga é meio comprometedor, pois sempre acham que hpa segundas intenções por trás.
O amor de hoje em dia não passa de uma dissimução, de um jogo de interesses, ou mesmo, não raramente, um sentimento vazio jogado no vácuo.

Dizer "eu te amo" já é algo considerado "comum", sem sentir realmente isso. Achar que ama, também é comum, muitas pessoas sentem algo especial e acham que amam... Quando na verdade o amor por si só já é o bastante para se ter a CERTEZA de que ama.

Pois pra mim é assim (e como eu digo, sou uma pessoa "diferente" das de hoje em dia) :
O amor é imutável, é puro e sem limites. Se você ama alguem, se importa tanto com essa pessoa, que larga sua própria felicidade às vezes, pela felicidade dessa pessoa. Não está nem percebendo o quanto ama, mas dentro de si sabe que ama, e sabe que é algo muito maior do que "atração", paixão, consideração ou essas bobagens atuais.

Quando eu amo (e olha que eu amo muito, e muito facilmente), me importo demais com a pessoa amada, me coloco sempre à disposição, e dou tudo de mim. Por isso eu sei quando amo.
E também, ao contrário do que muitos acham, eu penso que amar não é "repentino", coisa do destino ou nenhuma outra baboseira.

Amar também é uma OPÇÃO. Nós escolhemos quem amamos, de uma maneira ou de outra. Nossas escolhas, nossos perfis de "pessoas a se amar", nossas afinidades, e até mesmo nossa vontade fazem o amor ser algo... premeditado, e não aleatório como muitos clamam.
Se você ama alguém, é por que deixou esse sentimento te tomar, deixou esse alguém te cativar, e escolheu amar esse alguém.

Talvez muita gente discorde, mas é assim que eu penso.

E também escrevi esse post, pois prometi a mim mesmo (uma de minhas novas metas), não dizer "eu te amo" para mais ninguém. Pelo menos não por enquanto.

Pois eu já cansei desse amor barato, de as pessoas não entenderem minha visão de amor, de me esforçar me esforçar, e me esforçar novamente, e não obter nada.
Como diz Shakespeare em seu menestrel: "não importa o quanto você se importa, às vezes algumas pessoas simplesmente não se importam".

Pois eu acho que amar é se preocupar com a pessoa, querer a felicidade dela, senntir-se bem com ela,e sentir saudades sem ela. É fazer de tudo, colocar essa pessoa em primeiro lugar, ligar para o que ela diz, não abandonar por nada... Enfim, muitas coisas que as pessoas nem consideram na hora de dizer "eu te amo".

E na maioria dessas definições, há pouquíssimas pessoas que "me amam". E depois, quando digo que "ninguém me ama" todos dizem: "ah que nada, abra os olhos".

Eu amo fácil. Me identifico facilmente, me comprometo facilmente.
E as pessoas não entendem o que é isso, não entendem o que é amar por amar, e não por querer algo. Por isso cansei, desisti.

Mas também não coloco a culpa nas pessoas em si, até por que a culpa é talvez mais minha, de ser "diferente". As pessoas são assim pois o mundo e a sociedade estão assim, pois amar não significa muito mais do que "querer". E quem sofre não pode reclamar, afirmam esses hipócritas. "Há amor por todo lado, você tem que batalhar pelo seu". Lastimantes afirnações desse "Naipe" me deixam furioso.

E, como diz novamente Shakespeare: "Se alguém não te ama como você ama esse alguém, não quer dizer que esta pessoa não te ama com tudo o que pode".

Então, aqui deixo meu protesto sobre o amor contemporâneo, e a minha meta de não dizer mais "eu te amo" já que isso não vale nada mesmo, ainda mais vindo de mim.




Como se já não bastasse o post ser longo, ainda tem mais:
Mas é uma boa notícia: recebi meu primeiro selo!!!

Fico muito honrado em receber esse selo, e também pelo engraçado fato que aconteceu.
Recebi o selo "É um blog muito bom sim senhora" de minha amiga Priscila Petrarca, do blog Contrariando Idéias (http://tecendopoemas.blogspot.com/).
Ela mandou esse selo também para a Garota Viajante do blog (durd) Garota Viajante (http://garotaviajantee.blogspot.com/). E a Garota também mandou pra mim (sem saber que Priscila tinha mandado pra mim primeiro).

Então, foi praticamente uma "dupla indicação".

Respeitando as regras, as perpetuo.

1 - Este prémio deve ser atribuído aos blogs que considerem serem bons (entenda-se como bons os blogs que costumam visitar regularmente e onde deixam comentários);2 - Só e somente se recebeu o "É um blog muito bom sim senhor", deve escrever um post incluindo: a pessoa que lhe deu o prémio com um link para o respectivo blog, a tag do prémio, as regras, e a indicação de outros 7 blogs para receberem o prémio;3 - Deve exibir orgulhosamente a tag do prémio no seu blog, de preferência com um link para o post em que fala dele .



Enfim, vou recomendar esses selos para alguns blogs amigos meus:

Just Like a Pill (http://barbarafukuoka.blogspot.com/)
Coração Envenenado (http://coracao-envenenado.blogspot.com/)
Lilac Star (http://lilacstar.blogspot.com/)
Muito Muito Coquete (http://deferiasnesteplaneta.blogspot.com/)
Eu e meu Inferno (http://justmyhellf.blogspot.com/)
Confissôes (http://desnudamentointerno.blogspot.com/)

Espero que gostem. E muito obrigado por comentarem, o blog está cada vez sendo mais visitado, e meu ultimo post (o poeminha) teve mais de 30 ponderações!

See ya mates!

"You don't know what love is, you just do as you're told. Just as a child with ten might act, but you're far too old. You're not hopeless or helpless, and I hate to sound cold. But you don't know what love is, you just do as you're told."
by The White Stripes (You Don't Know What Love Is)

"Eu não sei se é melhor ser feliz e ignorante, ou infeliz e realista... Mas infelizmente, uma vez abertos os olhos, eles nunca mais se fecham. Só me resta continuar tentando ser feliz."
by me


26 comentários:

milamonhangaba disse...

Também acho que seja possível controlar quem tu amas ou não, mas não acho que seja uma regra, aliás, acho que é uma coisa que tem que ser adquirida ao longo da vida, ou até mesmo com seus pais. Infelizmente poucos são os providos desse tipo de informação (pelo menos antes da "merda" acontecer), e ainda assim sempre existirão os idiotas, que aliás, são a maioria.
Eu aprendi a criar essa "porta" no coração desde minha infância, porém só comecei a usar ela depois de um certo tempo de experiências e decepções com outros seres humanos.
Desde então,sofrimento pelos outros me é raro. Beijos no cérebro coração, te adoro. :***

A n i n h a a disse...

Poutz o_O

Caprichou no post :D
Falando sobre amor e eu tbm prometi que não vou dizer "te amo" pra mais ngm, a não ser que eu esteja totalmente certa disso. (não que eu tivesse esse costume)
Te amo virou bom dia ¬¬

Brigada meesmo por indicar o meu blog, fiquei feliz :D

obs:. Bela música o/
beijãão :*

Garota viajante disse...

Nooossa! \o/ Muito massa o post!

A-do-rei! E me identifiquei com ele! Inconscientemente fiz uma promessa amim msm não dizer "eu te amo" sem amar realmente a pessoa. Por isso, quando eu digo "eu te amo" a pessoa pode ter certeza que eu a amo de verdade e de todo meu coração.

O caso é que eu tenho umas 'amigas' que dizem "eu te amo" a qualquer um. Como se essas palavras não fossem importantes. Uma dessas 'amigas' me conheceu em um dia e no outro já estava mandando um depoimento no meu orkut dizendo o quanto me amava. Vê se pode?! O pior é q essas 'amigas' fazem esse tipow de declaração e caso vc naum se declare tbm parece quye vc não gosta delas. Então quando elas dizem 'eu te amo ', eu digo 'tbm adoro vc', já que para mim amar é muito mais forte que adorar!

Eu posso dizer que não me apaixono fácil. Na verdade eu me obsseco fácil. Como? É que eu fico obssecada pela pessoa, fico viajando nos meus pensamentoos pensando nela, sabendo sim, que "não, não é amor, o que 'eu' sinto é só uma obsseção (errei? a palavra? :/)".

Então, parabéns pelo texto. Eu gostei muito do tema e de como vc o abordou.

Beijinhoos ;*

Klatuu o embuçado disse...

Adquire teu sabre japonês já! O amor tem uma couraça demasiado forte para um rapaz desarmado! :)

Abraço.

Marta disse...

É impossível escolher :P
álias, nós humanos queremos escolher tudo, mas há coisas que não somos nós.

Gostei do post.

Nai disse...

uhul, eu não sou a unica pessoa no mundo que ama facilmente as pessoas /o/ e bem, tomara que voce consiga cumprir essa meta. eu no seu lugar não conseguiria, já que eu adoro dizer que amo as pessoas. eu sou quase uma hippie por isso XD
gostei do seu comentario no meu blog, é legal saber que alguem lê aquela coisa la HAUHAUH
beijos

Mirian disse...

mto legal o post



adoro vc

Hélder, o míope disse...

Concordo.
Uma boa idéia não dizer "eu te amo" por uns tempos, vou aderir.
E amor pode ser opção também, é certo.

Gostei, ainda mais porque encaixa com o que eu penso.

Tem coisa pra você no ótica.

Abraço.

July disse...

nhai..hj em dia as pessoas sao tao futeis qnd amam ç.ç'
ateh me da nojo uiashdiusadhsauds
serio..eu penso o mesmo q vc em relaçao a isso @@
q lindo *--*

Anônimo disse...

Tinhoooo!!!!

Amei seu post.....muito dez da onde tirou tudo isso.....e olha que realmente você está certo hoje as pessoas não levam mais a serio o amor verdadeiro qualquer coisinha acham que é amor ou não dão o valor necessário!!!!

parabens amei mesmo!!!!

todos estão bem legais viu!!!

se cuida mocinho!!!

Você é muito importante para sua amiga aqui...e nunca se esqueça disso!!!!

Beijossss grandes!!!!

Laurinha disse...

hun.. gostei da sua forma de pensar e de se expressar,de uma certa forma temos algo em comum.. também me apego facilmente as pessoas e isso talvez não seja tão bom!.. eu tenho esse costume de dizer te amo para todos que adoro.. ou que tenho um carinho especial.. mas sei que no fundo estou errada pois acabo esquecendo-me do grande significado dessas três palavrinhas.. acho bacana para quem lê seu blog ..aqui tem muitas coisas interessantes e que possam de certa forma abrir os olhos de muitas pessoas.. parabéns ! eu te ADORO (?) haha :)' lindo³

Virgínia disse...

Olá.Hoje em dia o amor é tratado de uma forma tão relativo,tão jogado e mal-cuidado.Eu mesma me pegando falando,amo essa banda,amo esse filme,amo essa música...Realmente acho que as pessoas estão invertendo o verbo gostar por amar.Sinceramente eu não sei falar sobre o amor,é algo que tem de ser muito bem pensado.Concordo com você que o amor foi banalizado,como muitas outras coisas da sociedade.beijos

vi everlong disse...

Como sempre ótimos seus posts =)

é verdade hoje em dia o amor é "visto" como algo banal ..
o que é triste ..


muito bom vc abordar esse assunto

merecido o selo futuro escritor !

aa eu fiz um blog posta lá depois ^^

;*

mandy disse...

aiin tiago.. ='

deo vontadi di xorar...=l

mais o post taah muito beem escrito palavras inteligentes e perfeitas (parece ate um poeta)

beejO

continue assim!

se cuida!

Virgínia disse...

Pode deixar que eu sempre vou passar aqui.pô quero férias,tô estudando e tendo provas desde janeiro,já cansei.pô brigada.beijos

Bruna disse...

Japaa meuu

AMEIII !!

[e esse 'amei' eh vddeiro hein...ahaua]

meu...concordo com oq tu escreveu
e nossa..penso o msmo
te amo hj eh falado da boca pra fora
e normalmente existe algum interesse..

situaçao triste a nossa

axar algm q pense assim...q ame de vdd eh mto dificil...
amor pra mim...tem q ser pra sempre
ahua
e se for assim...ainda n tive mta sorte [to tentando agora..]

essa coisa de amor se opçao entao..perfeito pra mim!!

amor pra ser de vdd requer mta coisa...mto mto sentimento

poxaaa japa
n conheci esse teu lado
ahh

e tbm axo certo isso de n falar te amo a torto e a direito...
a n ser...qndo amo msmo

ai q confuso td q escrevi neh??
mas teu post me inspirou
ahauhuaa

dorei mocinho

continue assim
e parabenssss pelo selo!!
merece!!

bjaoo

te cuida

Barb. disse...

ebaaa ganhei plaquinha ^^!
gostei do post. enfim..you don't know what love is..(adoro essa música uhahahu)

xoxo

NAELA disse...

Thiago que texto interessante! Falar de amor e das suas diversas formas de amar é trazer um tema que esta muito em voga mas muito poucos conhecem o seu significado profundo...concordo com tudo o que disse, porque o amor nao é uma palavra "banal" mas original!
Beijos e continue o excelente trabalho

Carolina disse...

ahh o amor!
ótimo temaa
heheh adorei!

eh triste neh....mas pareci ki o amor fiku algo meio banal!
daí tudo fika confusoo!
hehehh

ah eu num sei
mas eh dificil escolher qm se ama
hsushsuhs eu naum consigo
>.<

adorei as frases do shakespeare!
=)

bejoooo
demorei mas cheguei hehehe

adorooo!

Priscila Petrarca disse...

uuia, uma dupla indicação?
que demais! Tá podendo!
adorei o post!
beijão!

Flávia disse...

Ai....ai...ai.

Pediu pra add meu link e não add.
E nunca mais apareceu por lá...fico triste, sinal que não gostou.


Seu texto tá muito bacana!!!!

bjs

Teresa disse...

hehehehe
depois de tantas definições, cheguei a conclusão de que o amor é mesmo algo que não se define heheheh

=*

Mary West disse...

Oi? Muito rancor nesse post heim heim? Mas válido e fundamentado, acho q amar possui variantes interminaveis, no momento eu prefiro selvageria, quero paixão mesmo, amar eu amo meu cachorro e olhe lá, meus pais. =**

Lena disse...

Estou num momento 'desencanada' pra essas coisas de amor.
Nunca dá certo, já percebeu?
Você olha de longe aqueles casais bonitinho no shopping, mas quando chega perto... terrivel.
Não que eu não acredite no amor, mas não no de hoje...whatever...é só pra comentar o que você falou, não pra ficar falando besteira de uma fase tosca.
Ok...falei que ia deixar Lorca, não falei? Mas achei deprê demaaaaaais. Desisti.
Hasta.

Fernanda Papandrea disse...

obrigada pelo selo,querido! ;D

o blog tá realmente muito interessante!

boas idéias no post =]

beijos

Fada disse...

Bom mas sobre o Amor...querido!!! acho que ninguém será capaz de decifrar esse enigma da vida.
Os poetas tentaram, os cientistas tentaram, os boêmios tentaram, nossos pais tentaram, mas ninguém chegou a uma conclusão absoluta sobre o amor.

A paixão por sua vez é o fogo do amor. Muitos falam que trata-se uma doença. Mas a meu ver, não é. Sem paixão o amor é só amor, a paixão é a lenha que aquece a chama viva dentro dos nossos corações. Não é a-toa que falamos "estou tão apaixonada pq estou amando"....

Beijokas meu rico